Fala Leitor: Opinião sobre reinício do período Legislativo na Câmara de Vereadores

Hoje deveriam começar as sessões do ano legislativo da Câmara de Vereadores Municipal de Ouro Branco, mas a sessão foi remarcada para o dia 29 de fevereiro por força maior e deliberação dos edis.

Ao remarcarem a sessão da Câmara, que estava agendada no calendário do ano passado, os vereadores deixaram de cumprir compromissos legislativos, o que é uma característica que não deve haver naquela Casa. As sessões e todas as funções da Câmara são estabelecidas pelo Regimento Interno, cuja última aprovação deu-se em 2007. Dos 238 artigos, alguns deles não são cumpridos pela presidência da casa, os quais destacamos alguns:

• Art. 233. Que trata do hasteamento obrigatório no edifício em todos os dias de sessão, da Bandeiras Nacional, da Bandeira do Estado e da Bandeira do Município.

• Art. 7º. Que veda afixação no recinto de reuniões do plenário símbolo que implique propaganda religiosa.

• Art. 225. Que regulamenta e autoriza a entrega das cópias das reproduções periódicas do Regimento Interno, que devem ser enviadas à Biblioteca Municipal, ao Prefeito, ao Governador do Estado, ao Presidente da Assembléia Legislativa, a cada um dos vereadores e às instituições interessadas em assuntos municipais.

• Art. 226. Que regulamenta publicações de separatas anuais do Regimento com as deliberações regimentais tomadas pelo plenário, com a eliminação dos dispositivos revogados e os precedentes regimentais firmados.

• Art. 137. Que é acerca do horário das sessões ordinárias, com a duração de 4 (quatro) horas.

• O parágrafo único do referido art. 217, sobre as providências tomadas em caso de não resposta a informações solicitadas ao executivo pela Câmara, observado o prazo estipulado pela Lei de Organização Municipal, sob risco de cassação do mandato de quem se omitir de dar as informações.

Com a palavra agora o presidente para esclarecer.

Por Francisco Segundo

Este conteúdo foi postado na categoria A VOZ DO LEITOR, Ouro Branco. Link permanente.