Morre um grande homem, fica o seu grande legado: João José de Sousa

joao_coco_luto1Toda vez que nos despedimos de pessoas que nos são caras, a sensação é de que parte de nossa história também se vai. Páginas importantes do conto de nossa vida, que deixam marcas indeléveis em caminhada.

João José de Sousa, João Cocó,  foi um grande cidadão ourobranquense, que deixou sua contribuição para gerações. Consciente de seus deveres, nunca se esquivou de participar ativamente das atividades sociais, políticas e religiosas. Fez a diferença.

Foi marcante sua atuação frente à educação no município, chegando a exercer a gestão da antiga CNEC, dentre outras funções. Tesoureiro por décadas da Igreja do Divino Espírito Santo, sempre desempenhou seu papel com zelo. Político, sua atuação como vereador foi marcada pela serenidade nos compromissos oficiais, e atenção especial aos mais pobres.

Da parte deste que subscreve, além de ter acompanhado mais de perto por alguns anos sua atuação na Igreja, tive a grande contribuição do mesmo através de longas entrevistas, para poder escrever e deixar para a história relatos de quem foi testemunha ocular de muitos dos acontecimentos da história da religiosidade local, particularmente da comunidade católica.

Tivemos a honra de conviver com o mesmo nas atividades relativas à fundação da nossa Rádio Comunitária Manairama FM. Até a ultima gestão da Associação Comunitária de Comunicação Manairama (ACCM), ocupou cargos na diretoria, mostrando sua incansável vontade de ajudar à comunidade, sem jamais colocar qualquer obstáculo.

Mesmo já contando com as limitações decorrentes de agravamentos no seu quadro de joao_coco_lutosaúde, ia sempre às missas, contando com a ajuda incessante de sua esposa Francisquinha. Em algumas oportunidades parei para admirar a coragem e grande companheirismo dessa mulher guerreira, que levava o marido para a igreja e o trazia de volta, sem reclamar de qualquer esforço; mantendo até o fim o juramento feito há tantas décadas diante do altar do Senhor, e hoje fazendo jus àquilo que fora proferido: “até que a morte os separe”.

À família, nossos mais sinceros sentimentos de pesar. Irmãos, filhos, e demais familiares, que mantenham-se firmes e fortes na fé. A dor da separação será conformada com a certeza do cumprimento das promessas de Deus para com seus filhos.

Vai-se um grande homem, fica o seu grande legado de fé, determinação, compromisso, coragem, dedicação e fraternidade.

Obrigado, João José de Sousa, pelo grande cidadão, pelo grande amigo e companheiro que foi para todos nós.

Em nome da Associação Comunitária de Comunicação Manairama, e dos leigos da Igreja do Divino Espírito Santo, bem como dos cidadãos ourobranquenses.

Ouro Branco-RN, 20 de novembro de 2016.

P. S.: João José de Sousa faleceu em sua residência, aos 79 anos de idade.

Este conteúdo foi postado na categoria Luto. Link permanente.

1 comentário para Morre um grande homem, fica o seu grande legado: João José de Sousa

  1. Gracinha Sousa comentou:

    Obrigada pelas belíssimas e justas palavras, Lenílson.

    RESPOSTA
    Não há o que agradecer, Gracinha Sousa. Tivemos uma grande honra em ter convivido com este grande homem! Meus sentimentos a toda a família!

Os comentários estão fechados.