O adeus a “Mariquinha de Jaime”

Mariquinha ao lado do marido, Jaime Tertulino

Maria Lucena Pereira, mais conhecida como “Mariquinha de Jaime Tertulino”, há um tempo sofria devido a complicações cardíacas, e nos últimos dias a família vinha sofrendo junto com a mesma diante da dor.

Dor que aumentou com a separação, vindo a mesma a óbito nessa quarta-feira (1º), aos 80 anos de idade.

A Missa de corpo presente foi celebrada na Matriz do Divino Espírito Santo na tarde dessa quinta-feira (02), sob forte comoção de familiares e amigos.

O sepultamento ocorreu no Cemitério Público de Ouro Branco.

Dona Mariquinha era muito amada por filhos, netos e bisnetos. Amor compartilhado também pelos muitos afilhados (as) e filhos adotivos, filhos “de coração”. Era extremamente acolhedora em sua residência.

Da infância, lembro dos momentos em que ia comprar leite, a mando dos meus pais. Sempre era oferecido aos que ali chegavam um bolo, um doce de leite… Afago muito bem expressado pelos netos por ocasião da Missa.

Fará muita falta. A toda a família, nossos mais sinceros votos de pesar.

This entry was posted in Luto. Bookmark the permalink.

One Response to O adeus a “Mariquinha de Jaime”

  1. jorge antonio nardin says:

    Dona Mariquinha foi uma pessoa do bem juntamente com seu marido compadre Jaime e família as poucas vezes que fui daqui do Paraná para visita-los, pois sou cunhado do irmão dela o Inácio fui muito bem recebido o que sou eternamente grato, jamais me esqueço da panelada na casa deles, que Deus de o conforto e conformação para toda a família meus sinceros sentimentos.

Comments are closed.