Vendedores de água tem estabelecimentos interditados pela VISA em Ouro Branco-RN

Nesta quarta-feira (17), agentes da Vigilância Sanitária do estado do Rio Grande do Norte estiveram fazendo inspeção de estabelecimentos de venda de água adicionada de sais em Ouro Branco-RN.

Referidos vendedores estariam comercializando o produto fora dos padrões de regulamentação, e tiveram seus estabelecimentos interditados, impedindo-os de continuarem tal atividade.

Para se adequarem, os vendedores devem propiciar que seja fácil a identificação para o consumidor de que a água é adicionada de sais minerais, uma água tratada com adição de nutrientes. Sendo água mineral, produto 100% natural, deve vir pelo menos em embalagens de cores diferentes, galões que tenham capacidades específicas para cada tipo de produto, além da obrigatória informação em destaque no rótulo, já prevista na regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Alguns comerciantes locais já trataram de reforçar o estoque com marcas da região, que estariam em conformidade com os padrões legais exigidos.

Conversamos com proprietários de comércio de água em galão, e os mesmos informaram que vão viabilizar a adequação o mais rápido possível.

O preço da água em galão, que custava em média R$ 2,00 (20 litros) deve subir.
A Coordenadoria de Vigilância Sanitária (COVISA) local deve se pronunciar nas próximas horas sobre o ocorrido.

Este conteúdo foi postado na categoria Ouro Branco. Link permanente.