Zenaide Maia fala sobre luta contra os juros bancários e cotas para pessoas com deficiências

A deputada federal Zenaide Maia (PR/RN) foi azenaide_radio entrevistada desta segunda-feira (30) do Jornal da Noite, na Rádio 95 FM, em Natal. Entrevistada pelos jornalistas Juliana Celi, Thaísa Galvão e Eugênio Bezerra durante quase 15 minutos, Zenaide Maia falou sobre seu primeiro mandato, a rotina de trabalho na Câmara, a Proposta de Emenda à Constituição – PEC 160 de autoria da parlamentar e a questão das cotas para pessoas com deficiências nas escolas federais e universidades federais, relatada por ela na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência – CPD.

Questionada sobre as divergências entre os deputados durantes as votações na Câmara, a deputada foi enfática: “No parlamento existem sim muitas divergências. Eu sempre digo para meus colegas de partido: Não podemos esquecer que a gente está aqui para tentar transformar esse país num lugar melhor de se viver. Se é bom para o país, vamos acompanhar a proposta seja ela do governo ou da oposição”, declarou Zenaide.

Zenaide Maia falou também sobre a PEC 160, que trata de estabelecer limite às taxas de juros dos bancos. A PEC está sendo analisada na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e está sujeita à apreciação do Plenário em regime especial. “A PEC trata de impedir que os bancos utilizem altas taxas de juros, onde uma pessoa compra uma geladeira e acaba pagando três devido aos juros”, explica a deputada.

Como membro da Comissão Seguridade Social e Família, Zenaide Maia também falou sobre as cotas na preparação de pessoas com deficiências, onde já foi aprovada pela comissão que elas terão 5% de cota nos três turnos, nos concurso seletivos para as escolas técnicas e universidades federais. “É uma luta justa para que o mercado de trabalho absorva as pessoas deficientes com qualificação”, garantiu.

 

Este conteúdo foi postado na categoria Política. Link permanente.